segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Mãe


...todos sabemos que mãe é chata, resingona, curiosa, melga... :) mas é mãe!!!!
E a minha é super chata...está constantemente preocupada com a nossa saúde...exagera com qualquer pequena dor ou constipação...mas é a minha mãe e faz anos hoje!!!!! PARABÉNS Mãe...

73 anos...
a ser o nosso porto de abrigo...
a ser o nosso colo...
a ser o nosso refugio...
a ter sempre amor e carinho para nos dar...
a ter sempre uma palavra amiga...
a ter sempre uma pequena critica...(para nos fazer crescer)
a ter sempre um conselho...

73 anos...
de ensinamentos...
de risotas...
de ralhetes...
de abraços e beijinhos

73 anos...
Para o meu pai...
Para o meu irmão
Para mim
Para os netos...

Obrigado Mãe...por seres assim, CHATA, mas sempre presente...
Há muita coisa que posso perder na vida...mas nunca tudo o que me ensinas! Nunca o teu sorriso...por isso minha mãe não leves a vida tão a peito, sorri...aproveita tudo o que podes viver...vive...nós estamos sempre aqui!
E hoje que é o teu dia...dança, brinca, corre, dá gargalhadas, canta e abraça todos os que te amam (nós hoje deixamos, eh eh eh eh eh)...o sal da vida é este...sorrir e viver o MUNDO!
Agora..."bora lá" festejar....

Beijinhos grandes!!!!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

8 anos de ti...



há amores que não se explicam...sentem-se...hoje faz 8 anos que chegou à minha vida este reguila que conta os dias para a madrinha/tia e o tio o irem visitar...está quase meu amor! PARABÉNS!!!!

É bom ser tua madrinha, receber os teus telefonemas ... "Tou madrinha? É o Ricardo..." e as conversas que se seguem sempre com perguntas e explicações detalhadas da escola, das boas notas e de como gostas de jogar no tablet! :)

É bom ver-te crescer...com esse sorriso do tamanho do MUNDO! O tempo passa num ápice e de repente és um menino crescido...quando ainda ontem te dei o primeiro banho! Apesar da distância (física...afinal são 473Km) estás sempre no meu coração. 

Por tudo isto só te posso desejar o melhor de mim...que sonhes sempre muito, que consigas alcançar todos esses sonhos e que sorrias sempre...que possas sempre dizer... "Madrinha...o tio Luis é maluco", que o mundo te leve bem alto, te dê toda a felicidade, e sempre que caires eu estarei aqui para te apertar num abraço carinhoso e te confortar!

Hoje...só quero que sorrias, que te divirtas e que festejes os teus 8 anos...corre, brinca, canta, dança, joga à bola e aproveita a vida! Abraça o dia com toda a tua força e voa...

Beijinhos

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Parabéns Princesa...

Desta vez não te vou fazer maldades publicando fotografias antigas, daquelas a que chamamos "tesourinhos deprimentes"...vou apenas tentar não me tornar repetitiva neste emaranhado de palavras que te quero escrever neste dia só teu.


Parabéns Princesa...caminhas numa passada firme, consciente e elegante nesta aventura que é a VIDA! Vives num ato irrefletido de quem apenas quer aproveitar ao máximo, sonhas alto mas atinges os teus objetivos!

21 anos...e tantas histórias para contares...gosto!
Gosto das risotas...
Gosto dos amuos...
Gosto dos carinhos e atenções...
Gosto do mau feitio...
Gosto da preguiça...
Gosto dos teus olhos...
Gosto do coração do tamanho do MUNDO!
Gosto da tua cumplicidade com o teu "mano"...
Gosto do amor pelo teu pai...
Gosto quando achas que tens razão e sabes tudo (mesmo que ainda tenhas tanto para aprender)!

És amiga, companheira, alegre, brincalhona, mandona, teimosa, determinada...és tu, faz parte do teu crescer e da formação do teu EU...é assim que te vejo crescer!

21 anos...é tão bom perceber que tive algum papel na tua vida ( o de "madrastinha" )...é tão bom perceber nos teus atos e palavras a mulher que és...Parabéns Princesa! Para mim serás sempre menina...

Tenho muito orgulho em ti...
Espero que tenhas um dia mágico...
Beijinhos


segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

São Valentim...


...das muitas teorias que se ouve a que mais reúne consenso é a de que São Valentim, um santo reconhecido pela Igreja Católica e pelas Igrejas Orientais era um sacerdote que desafiou o imperador Cláudio II, que durante seu governo, proibiu a realização de casamentos em seu reino, com o objetivo de formar um grande e poderoso exército, pois acreditava que os jovens, que não tivessem família, ou esposa, iam alistar-se com maior facilidade. São Valentim, desafiou esta ordem continuando a celebrar casamentos, mas as cerimonias eram realizadas em segredo. 

O Sacerdote foi descoberto e condenado à morte, durante o seu cárcere, muitos jovens enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Entre as pessoas que enviaram mensagens ao bispo estava uma jovem cega, Artérias, filha do carcereiro, que conseguiu a permissão do pai para visitar Valentim. Os dois acabaram por se apaixonar e milagrosamente a jovem recuperou a visão. O bispo chegou a escrever uma carta de amor para a jovem com a seguinte assinatura: “de seu Valentim”, expressão ainda hoje utilizada. 
Valentim foi decapitado em 14 de fevereiro de 269 d.c. e até hoje esta é a data em que se celebra o Dia dos Namorados!

Para mim este dia celebra-se todos os dias...pois é na rotina, no dia-a-dia, no organizar ou desorganizar das vidas em comum que se celebra o amor, a união, o respeito, a amizade, a paixão, a lealdade...todos os sentimentos que cabem num abraço apertado e que é a melhor forma de celebrar e homenagear quem se ama!

Sei que não sou fácil de aturar...sou teimosa, sou inquieta, sou um turbilhão e quero tudo ao mesmo tempo, mas também sou honesta, leal, verdadeira, transparente...por isso te digo a ti, meu amor, que te amo...ontem, hoje, amanhã e sempre...

Espero que tenhas sempre paciência para me aturar...que sejas sempre assim complicado, rezingão mas com um coração do tamanho do MUNDO! Que tenhas sempre esse teu sorriso de miúdo traquina sempre pronto a pregar mais uma partida daquelas que me assustam e deixam com o coração na boca...que nunca percas a boa disposição e o sorriso fácil de quem de uma simples conversa já vai fazer uma piada e por toda a gente a rir...que nunca percas o mau humor quando algo não corre como esperavas...

São estes defeitos e feitios que me apaixonam todos os dias que passo a teu lado (24 horas por dia)!

No leva e traz da vida, caímos e levantá-mo-nos, rimos e chorámos, fomos e ficámos, lutámos, cansá-mo-nos, e ganhámos forças para continuar a viver...de mãos dadas...sempre juntos!

Amo-te muito!
Beijinhos

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Encontrar o sentido...


...do trilho, da vida e dos sonhos...num ápice janeiro chegou ao fim...tenho observado, no frenesim em que se revertem os meus dias, as atitudes, os comportamentos, os sentimentos...e fico abismada como no vai e vem do dia a dia, com altos e baixos, mais calmos ou complicados, a maior parte de nós não vive...há sempre uma critica a fazer a algo (e atenção que não me refiro a criticas construtivas, com base em informação diversa da qual se faz uma triagem e se tira uma conclusão nossa), dizer mal, olhar com desdém para alguém que sorri e faz algo de positivo, há sempre um dedo a apontar (esquecendo que ao apontar um dedo há três dedos virados para nós)...pergunto-me de onde vem tanta revolta, tanta insatisfação quando nem sequer se sabe o que se quer...

Sinto que foi nesta confusão do assentar arraiais num novo ano que o meu se iniciou...tenho projetos, lançaram-me desafios que espero estar à altura de levar em frente...quero acreditar que remamos todos para o mesmo lado e é nisso que baseio os meus sorrisos, os meus afetos e os meus passos decididos com consciência....

Neste caminho quero a meu lado aqueles que me fazem bem, que me fazem sorrir, que me tomam nos braços e que crescem comigo, que me ensinam e me acompanham nas alegrias das vitórias conseguidas e me alegram nas quedas do caminho...aqueles que são sinceros e não precisam de máscaras...

Não sejamos ingénuos...eu não sou...sei que todo o lado bom tem um mau...apenas prefiro aprender com os erros, com as desilusões e afins sem lhes dar a importância que os outros gostariam que desse, e viver com os sorrisos e com tudo de positivo que a vida me dá!

Luto, sou bruta e irascível quando ferida...hoje em dia dificilmente volto atrás...perdoou, mas não esqueço...deixo que a vida se encarregue de mostrar o caminho...

Janeiro serviu para marcar posições e estabelecer objetivos...agora é trilhar caminho e fazer acontecer, porque no fim...todos somos iguais! 

Beijinhos!