domingo, 23 de agosto de 2015

Julho 2015...Férias...


Vivemos intensamente. Os dia passaram a correr mas sempre em cheio. A azáfama dos últimos dias de trabalho, os dias que antecedem os sorrisos das férias, papeis para deixar em dia, visitas guiadas, eventos em andamento, publicações com processos de concepção a caminho...tudo a postos e resolvido.

Primeiro a dormência do corpo num relaxar de horas, refeições, e afins, depois a absorção do cheiro a férias, muito sol...muito mar, que nos lava a alma e nos deixa a calmaria e o cheiro entranhado que nos embala nas noites quentes. 
Depois a euforia...os pés enfiados na areia quente, os mergulhos nas águas transparentes, as gargalhadas genuínas com as tristes figuras que fazemos. Os passeios, as noites animadas entre feiras de piratas e medievais, os cheiros doces, das especiarias e licores que se misturam com as essências das ervas aromáticas...a musica, as danças e toda uma diversão que nos agarra e contagia.

As noites frescas e amenas que nos deixam com vontade de mais, as conversas e desentendimentos que nunca deixam marca e para o ano tudo se repete entre risotas e planos que na maioria das vezes saem furados. Imprevistos que afinal nos sabem tão bem...e de repente...já passou...há que preparar o regresso dos mais velhos e o resto das férias para quem ainda as pode gozar! Há os festivais, há mais umas semanas de praia...enfim...há toda uma vida a ser vivida. 

A mim...a nós, resta-nos mergulhar de novo nas rotinas dos papeis que pedem incessantemente pelo fim de semana, pelo pé descalço e o corpo no mar...

Agosto ainda vai a meio...mas já sinto o Setembro a espreitar...

Beijinhos

Sem comentários: