domingo, 23 de agosto de 2015

Julho 2015...Férias...


Vivemos intensamente. Os dia passaram a correr mas sempre em cheio. A azáfama dos últimos dias de trabalho, os dias que antecedem os sorrisos das férias, papeis para deixar em dia, visitas guiadas, eventos em andamento, publicações com processos de concepção a caminho...tudo a postos e resolvido.

Primeiro a dormência do corpo num relaxar de horas, refeições, e afins, depois a absorção do cheiro a férias, muito sol...muito mar, que nos lava a alma e nos deixa a calmaria e o cheiro entranhado que nos embala nas noites quentes. 
Depois a euforia...os pés enfiados na areia quente, os mergulhos nas águas transparentes, as gargalhadas genuínas com as tristes figuras que fazemos. Os passeios, as noites animadas entre feiras de piratas e medievais, os cheiros doces, das especiarias e licores que se misturam com as essências das ervas aromáticas...a musica, as danças e toda uma diversão que nos agarra e contagia.

As noites frescas e amenas que nos deixam com vontade de mais, as conversas e desentendimentos que nunca deixam marca e para o ano tudo se repete entre risotas e planos que na maioria das vezes saem furados. Imprevistos que afinal nos sabem tão bem...e de repente...já passou...há que preparar o regresso dos mais velhos e o resto das férias para quem ainda as pode gozar! Há os festivais, há mais umas semanas de praia...enfim...há toda uma vida a ser vivida. 

A mim...a nós, resta-nos mergulhar de novo nas rotinas dos papeis que pedem incessantemente pelo fim de semana, pelo pé descalço e o corpo no mar...

Agosto ainda vai a meio...mas já sinto o Setembro a espreitar...

Beijinhos

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

42...


42 anos...
Sim, tenho rugas...sulcos de expressão que contam as histórias das gargalhadas, dos sorrisos, das preocupações e também das desilusões...tudo faz parte, é a minha vida, as minhas memórias.

42 anos...

Família, amigos, vida...tenho aproveitado tudo ao máximo, como diz o ditado " se caires 7 vezes, levanta-te 8"...sou assim, poucas são as coisas que me levam ao chão, mas quando caio levanto-me sempre mais forte!!!!
Gosto de viver em pleno, aprendo sempre com os meus erros, e isto não quer dizer que não os cometa de novo, apenas o faço com a consciência de que os estou a cometer, gosto de confiar, apesar dos baldes de água fria, gosto de sentir que dei e dou o tudo por tudo!

42 anos...

Um filho que me enche de orgulho e que espero venha a ser um Homem honesto, sincero, lutador e FELIZ! Um marido fantástico que me atura, acompanha e me faz rir todos os dias! Aos meus pais o meu OBRIGADO por me tornarem sempre uma pessoa melhor, ao meu irmão, cunhada e sobrinhas...apesar de nem sempre juntos, estão sempre comigo quanto mais não seja para nos chamarmos nomes... :D

42 anos..

Que venham muitos mais pois estou aqui para os receber, para os viver, e desgastar...sim que viver sem gastar o tempo, sem olhar, observar e absorver tudo o que a vida nos dá não é viver...
Que os trapos fiquem gastos e roçados, que a pele marque a passagem dos ponteiros do relógio, mas que os sorrisos nunca se percam e que faça com que tudo valha a pena.

42 anos...

Sim com tudo a que tenho direito...como diz uma amiga minha "serei uma velha gaiteira, tareca e reinadia!"

Beijinhos e até já