terça-feira, 12 de maio de 2015

Março e Abril...

Bem sei que já estamos em maio...
Março, marçagão, manhãs de inverno tardes de verão...
Em Abril aguas mil....
Inspira, expira....relaxa...sei que já deveria ter feito os posts dos meses em atraso...e não, não estou de esperanças, refiro-me a estas simples linhas que aqui vou deixando mensalmente. Não que este cantinho seja uma obrigação, é apenas o meu bloco de apontamentos onde partilho alguma da azáfama que se vive nos meus dias. Gostava que fosse mais diário do que mensal...mas no corre, corre, é difícil quebrar certas rotinas e por vezes fugir à preguiça de me sentar em frente ao computador...



Março passou como uma ventania, depressa e forte...o mês da primavera com os seus sons e cheiros...o mês de uma viagem, a deles, a Londres. Recordações que ficarão para sempre...ansiedade, expectativas, visitas tratadas e decididas, o hostel, o avião...para eles a aventura, para nós a guerra de nervos. Foram e vieram com um bagagem repleta de recordações, sorrisos do tamanho do mundo e fotografias que nos trouxeram um pouco do que viveram. 



Apagámos as velas dos "entas" do mano, dos "entas" do pai...festejámos muito, sorrimos ainda mais...celebrámos a Páscoa, e entrámos no segundo período escolar, com ele a ansiedade dos exames, das médias a conseguir, dos estudos, ralhetes e planos ou horários de trabalho para que nada falhe.

Conto as horas, os dias...e tudo me parece passar depressa demais...olho à minha volta e apetece-me parar o mundo, entrar em modo de pausa, observar tudo ao pormenor e sem pressas, sem rotinas, desfrutar do verde que desponta, dos raios de sol, da alegria das crianças...mas depressa volto à realidade, à casa para limpar, roupa para passar, dias a organizar.

Abril...nem dei conta, passou num ápice, reunimos amigos para um bom bocado, bom vinho nos copos e gargalhadas bem altas, os miúdos a brincar e o dia passa a correr ficando sempre a vontade de mais...ficam as historias que se contam, as memorias que se criam e os laços que se reforçam.
O papel de mãe "chata" a relembrar que está quase...há que trabalhar...queria tanto poder aproveitar mais...

Maio já entrou...mês de Maria, e se as chuvas de Maio fazem as meninas bonitas, por aqui os raios de sol fazem as minhas delicias...o verão já se vai fazendo sentir e o cheiro a mar vai apaziguando algum cansaço que já se começa a notar... voltemos pois às rotinas!

Beijinhos

Sem comentários: