terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Novembro 2014



Novembro...as lareiras que se acendem, o frio que se instalou e que traz o conforto do sofá com uma chávena de chá bem quente nas mãos...um bom livro ou filme e o que se pode pedir mais...
Mas os meus dias não são assim...há o corre, corre natural, o empurra a manta para trás...larga o quentinho e põe os pés no chão, está na hora...mas eu gosto, há toda uma energia no meu dia a dia que me faz andar, correr e viver a vida com muita alegria!

Esta é uma época sempre mais complicada, há os testes, os trabalhos, as competições desportivas que acompanho do principio ao fim, há os preparativos para o natal e tudo isto nas 24 horas que tem um dia...mas tenho sempre tempo para as coisas que gosto...ler, fotografar, passear e foi isso que fiz...

Este mês tem para mim um significado muito especial...pois fez no dia 30, 16 anos que fui MÃE...lembro-me bem daquele dia, em que saí à rua pela manhã para ir ao banco e comprar o pão e tanto o senhor do banco como a senhora da padaria me disseram que estava com cara de quem estava prestes a dar à luz, ao que eu respondia invariavelmente..."não...é só para a semana, ainda falta"...o que é um facto é que às 19:00horas desse dia as águas rebentavam sem aviso prévio e vim da Costa da Caparica a Setúbal de carro, sem qualquer dor ou sinal dela, para chegar ao Hospital e ser levada para a cirurgia...seria cesariana pois o rapaz estava sentado do género "daqui não saio, daqui ninguém me tira".

Este foi o momento mais bonito destes meus 41 anos de idade...o momento em que, ainda entorpecida pela anestesia, me deixaram cortar o cordão umbilical do meu filho...o momento em que o colocaram a meu lado para lhe dar um beijo...não há palavras para descrever o que é a maternidade, o que se sente ao dar à luz um ser que nos acompanhou 9 meses e que já amamos incondicionalmente...como já alguém disse...é como ter o coração fora do peito. 

E tu... meu filho...és TUDO para mim! Obrigado por tudo o que me tens ensinado, por todos os sentimentos que me fazes descobrir a cada dia que passa, por me ensinares que não posso ser só tua amiga, dar-te carinho...tenho que ser tua Mãe, ensinar, ralhar, castigar e dar-te asas para que possas construir a tua personalidade, os teus objectivos e acima de tudo seguir os teus sonhos. AMO-TE muitoooo!

O meu Novembro terminou assim com o soprar das velas e um sorriso fantástico! 
Dezembro está aí...com as luzes de Natal, a árvore e o presépio, a mesa cheia a família no desalinho total e muitas gargalhadas. O fim do ano a aproximar-se e mais uma etapa para reflexão e estabelecer objectivos, fazer um balanço do bom, do mau e de tudo o resto.

Beijinhos

Sem comentários: